Por que o nome do blog!!!!

“A felicidade está na trajetória.”
Por Este motivo somos os amigos que temos as causas que defendemos aquilo que comemos nossa música, nossos filmes, nosso gosto ou não pela arte, poesia! Pessoas que têm sintonia com a gente
Neste espaço só tenho Este compromisso de viajar em meus doídos e doidos momentos!
Aqui terei até os presentes que dei, que ganho.

TUDO FAZ PARTE DO QUE SOU!

Além de isto ser uma viagem, pois sempre pensei que me conhecia, mas quero a essência e convido vocês para que façamos esta viagem juntos. VALERÁ A PENA!
À medida que for escrevendo, vou me descobrindo!
MINHA LEVEZA, POR DIAS, O PESO DAS ALMAS DO MUNDO, POR OUTROS DIAS!
Minhas feridas cicatrizadas, ainda por cicatrizar, meus momentos de grande importância e, até, histórias que conto.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

OS LADOS MEUS,TUES,NOSSOS.


QUANTOS LADOS TÊM?

Um lado que pulsa que quer mais, que quer tudo, insaciável, transgressor, apegado, sofredor, não aceita a estupidez alheia. Outro quer paz, quer preguiça, quer o velho,se conforma,ri de tudo, nada é tão sério.
Outro, que não deveríamos deixar tomar conta, nem acessarmos jamais é aquele indiferente a tudo, aquele que atrapalha que quer ser o elemento complicador, não porque o crescimento vem das diferenças, mas simplesmente, porque inseguro quer só tumultuar, não entendendo que toda crítica sem análise, sem apresentar uma solução é resmungo. O lado recalcado dos humanos. Ah, como detesto este substantivo abstrato: recalque.
 Um quebra tudo, joga a toalha. O outro organiza, é equilibrado, precisa disto para se sentir seguro.

Um lado é coletivo, solidário, outro individualista. Um insano, o menos normal possível; o outro quer seguir paradigmas.
EU, TU, NÓS, afinal sabemos quem somos?
Ou ficamos ínfimos, angustiados, atormentados, e ébrios em meio a estes contrastes.
Ou sofremos calados diante as charadas da vida, ou nos posicionamos e aceitamos a viagem que nos ajudará a entendermos o quão desconhecido é o mundo e o quão difícil é pensar e ser responsável por os nossos atos.
Bom seria ficarmos sem pensar?
Rir da vida, mas isto não é para mentes inquietas e intensas.
Com certeza, não é para mim.
Felizmente não é para mim.

TAMBÉM NÃO QUEREMOS MÁCARAS.

TEXTO de Cris Poulain.

1 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Maravilhoso eese seu blog. Parabéns !

Registro de Visitas

 
© 2007 Template feito por Áurea R.C.