Por que o nome do blog!!!!

“A felicidade está na trajetória.”
Por Este motivo somos os amigos que temos as causas que defendemos aquilo que comemos nossa música, nossos filmes, nosso gosto ou não pela arte, poesia! Pessoas que têm sintonia com a gente
Neste espaço só tenho Este compromisso de viajar em meus doídos e doidos momentos!
Aqui terei até os presentes que dei, que ganho.

TUDO FAZ PARTE DO QUE SOU!

Além de isto ser uma viagem, pois sempre pensei que me conhecia, mas quero a essência e convido vocês para que façamos esta viagem juntos. VALERÁ A PENA!
À medida que for escrevendo, vou me descobrindo!
MINHA LEVEZA, POR DIAS, O PESO DAS ALMAS DO MUNDO, POR OUTROS DIAS!
Minhas feridas cicatrizadas, ainda por cicatrizar, meus momentos de grande importância e, até, histórias que conto.

quarta-feira, 3 de março de 2010

AMOR BANDIDO


Eu nem sei se amo,
Se te amo é com estranhamento, cheia de falta de contentamento
Sem poesia, te serve?
Se o meu melhor ainda existe,
Não será para ti, uma das certezas que tenho!
Posso até amar!Será de brincadeira, do lado errado,

Não tenho grande confiança, perdi admiração, só foi complicação
Mas se te serve, te dou meu amor torto, meio morto.
Todo cheio de realidade, sem passarinhos,
Sem céu lindo, belas paisagens não será nosso pano de fundo
Talvez um motel qualquer,até um beco,somente um sexo esperado
Mas sem sintomas de prosperar, muito menos eternizar
Será de prazer, de um sexo brutal, mas não espere sinceridade
Somente um momento “puro êxtase.”
Mas logo, logo partirei, antes da adversidade
Que é o que trazes a quem amas.
Não sei se te amo, só sei que pode ser curiosidade, amizade
VONTADE!MUITA VONTADE DE DAR AQUILO QUE QUERES,
MAS NÃO PENSES QUE REPETIRÁS A DOSE
Será um amor sem paciência sem decência
Com tesão,pura tesão,mas não me peças emoção,
Sentimentalismo é para quem merece
Sem muita emoção, SÓ TRANGRESSÃO
Amo-te por literatura, por amargura
Porque acostumei, mas já faz tempo
Armação, confusão,
Mas tenho, sim, tesão
De bobeira, de frescura,
Não para ser meu homem,
Ninguém me verá contigo, será um encontro escondido, muito escondido!
Mas, bem vivido!
Não ficarei sem rumo, não sairei do prumo, não perderei o tino!
E tu te comportas, não ficas apaixonado,
Sairás machucado... Ai coitado
Medos não têm, nem ilusões, apenas este amor de preguiça,
De suspense, com pé no secreto, no insano,
Posso ser escrava, puta, vassala, SÓ UM DIA
Mas não quero queixas, não quero teus problemas, não quero tua vida
Nem te darei a minha!
O GOSTO DA MINHA INTIMIDADE, O GOSTO DE MINHA SERENIDADE,
SOMENTE A MINHA PRESSA EM SAIR DEPOIS DO AMOR.

Sem dilema, sem problemas, sem guerrilhas, somente uma noite
De quem te faz um favor, meu amor!

CRIS POULAIN




2 comentários:

eu disse...

eita muié que ama!

Cris Poulain disse...

QUANTA INFANTILIDADE NESTES LOUCOS AMORES!!!!

Registro de Visitas

 
© 2007 Template feito por Áurea R.C.